Fisioterapia Uroginecológica Masculina e Feminina

Técnicas terapêuticas não invasivas.

Vem sendo amplamente aplicado nas diversas formas de incontinência urinária, fecal e de flatos, no fortalecimento perineal, nos problemas sexuais, nas dispareunias (dor), nas constipações, ginástica hipo-pressiva; técnicas de relaxamento; exercícios posturais; calendários miccionais; além de vivências em que a fisioterapeuta simula situações que causam perda urinária, ou seja, é preciso que os pacientes saibam contrair o períneo ao pular, tossir, ao espirrar e durante a prática do esporte.